EU – Especial e Única/o

O sociodrama é uma metodologia de trabalho com grupos que explora os processos de contradição presentes nas relações entre pessoas, com recurso à dramatização (Ideias opostas, resolução de conflitos, aprofundar uma questão ou problemáticas). O SPO realizou uma sessão com o 7.º A onde aplicou algumas técnicas desta metodologia de trabalho e explorou as relações entre os diferentes alunos, com recurso à dramatização, cujo tema foi “EU – Especial e Única/o”. O objetivo foi servir de facilitador para o encontro de soluções nos diferentes cenários propostos.

Gestão da Ansiedade na Infância e na Adolescência

Quem convive ou já conviveu com um transtorno de ansiedade sabe como pode ser penoso e paralisante. Ter que lidar com isso ainda durante a infância, quando o cérebro está em formação e não tem a maturidade necessária para entender o que está a acontecer, ainda mais preocupante é. 

O ideal é tratar os transtornos de ansiedade o mais cedo possível e para tal é necessário conhecimento. Assim, e para facilitar a identificação precoce deste transtorno, o SPO realizou uma sessão no âmbito do Diogo +Parentalidade subordinada ao tema ” Gestão da Ansiedade na Infância e na Adolescência”. Esta sessão contou com a preciosa colaboração da professora Carmo Cramez, a quem endereçamos o nosso obrigada.

Linguagem Corporal e Arquétipos Mentais

Segundo Pierre Bourdieu, sociólogo francês, “a linguagem corporal é marcada pela distinção social, que coloca o consumo alimentar, cultural e forma de apresentação como os mais importantes modos de se distinguir dos demais indivíduos”, e foi o tema de uma sessão do SPO com uma turma do 7.° ano.

O estigma corporal na contemporaneidade deriva basicamente de um padrão estético imposto pela própria sociedade. Há um aumento do culto ao corpo, onde os indivíduos experimentam um aumento da preocupação com a imagem e, sobretudo, a estética. Entendida como consumo cultural, esta prática apresenta-se hoje como preocupação geral, de todas as classes sociais e faixas etárias.

Autoconfiança Corporal

Existem muitos fatores que podem causar insatisfação corporal nas crianças e adolescentes. Alguns desses fatores são as imagens veiculadas nos meios de comunicação social, sobretudo nos meios digitais, as pressões da família e de amigos para ter uma certa aparência, e as provocações e o bullying dos colegas. O SPO ajudou a turma do 7A a promover a autoconfiança corporal dos jovens, ajudando-os a tornarem-se conscientes dos fatores que afetam a sua autoimagem de maneira negativa, e incentivando-os a adotar comportamentos saudáveis em relação ao corpo.

Escola Promotora de Mudança

“Cada um de nós é único, merece brilhar e celebrar a sua individualidade” foi o tema de uma sessão do SPO com o 7.° D.

A escola como espaço promotor de mudanças, desafiou os alunos a refletir e a propor soluções sobre relações interpessoais cordiais e gratificantes, os ideais e comparações sobre a aparência, conversas sobre o corpo e outros temas que diariamente são debatidos e vivenciados pelos jovens.

Sessão do SPO sobre reformulação corporal positiva

O valor e a função do corpo como forma de potenciar a autoconfiança corporal foi o tema de mais uma sessão do SPO com uma turma do 7.º ano.

Os alunos praticaram formas de reformular a conversa interior negativa e transformá-la em declarações positivas acerca do funcionamento do corpo. Esta sessão contou com a colaboração do Mentor João, da Teach for Portugal e a Diretora de Turma, Ana Margarida.

Diogo +Amizade

Entre outubro e março foi implementado pelo SPO um programa de promoção de competências socioemocionais denominado DIOGO +AMIZADE, composto por 3 sessões sequenciais para cada turma em horário extracurricular, que se concretizou nas turmas de 8.º ano: A, B, C, D, F e G.

As atividades realizadas, desde curtas apresentações em powerpoint, ao visionamento e discussão de vídeos, trabalho colaborativo sobre os temas e dinâmicas interativas, tiveram como finalidade última a prevenção do bullying, visando especificamente potenciar a identificação e reconhecimento de emoções em si próprio e no outro, estimular a reflexão sobre comportamentos e reações emocionais patentes nas relações interpessoais, e desenvolver competências como o autoconhecimento, a assertividade e a empatia, no sentido de facilitar a emergência de relações saudáveis e de amizade na escola.

Conversas com o Corpo

A adolescência é um período de maior vulnerabilidade em relação à consciencialização do corpo e à autoimagem. Para se trabalhar o desconforto em relação ao corpo, o SPO fez uma sessão “Conversas sobre o corpo” com uma turma do 7.º ano onde foram debatidos temas como a baixa autoestima, o impacto das redes sociais, alterações de humor, dificuldades de aprendizagem, dificuldades na comunicação, comportamentos de compensação, isolamento e, até, perturbações alimentares que podem ser decorrentes do impacto da distorcida imagem corporal. 

Diogo +Parentalidade – 3.ª sessão

Realizou-se no dia 23 de março na escola secundária a 3.ª sessão da Ação Diogo +Parentalidade promovida pelo SPO e destinada a pais e encarregados de educação. O tema da sessão foi o acompanhamento aos filhos no estudo, sendo o foco principal deste encontro o Aprender a Aprender. Esperamos que as ferramentas partilhadas possam ajudar os pais a orientar e apoiar assertivamente os seus educandos tendo em vista o sucesso educativo e a melhoria da realização escolar.